Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 4 de julho de 2015

A ascendencia das saias masculinas e o processo de ressiginificação do vestuário




Em todos os períodos históricos, a vestimenta sempre possuiu uma importância para seus contemporâneos. Isso porque a roupa, além da proteção, também possui a função de emitir mensagens, sendo essa emissão, um reflexo dos costumes de cada sociedade. Essa dinâmica de absorver, traduzir e refletir, possui conteúdos mutantes, que mudam de acordo com cada geração. Existe portanto, um constante processo de ressignificação do vestuário.

Nos anos 2000, graças também a movimentos sociais surgidos no século XX (como o feminista, o hippie e o  LGBTT*), as barreiras religiosas e científicas presentes nos gêneros sexuais estão sofrendo constantes ataques da sociedade pós-moderna. Uma geração conhecedora dos processos de construção de consensos sociais, e de suas consequências - exclusão, segregação, assassinatos e espancamentos. Então, quando imaginamos uma equação de "conhecimento sobre o objeto + dúvida acerca do mesmo = crítica", entendemos o porque desses indivíduos conseguirem pensar em uma desconstrução dessas regras e a promover.  

Os pós-modernos ao desenvolver a quebra de fronteiras, acabam também atingindo negativamente outros elementos, sendo a cultura o principal deles. Mas em contra partida, seu pensamento liquido, que acredita em uma impossibilidade de classificação, e reconhece o processo de auto-reconhecimento como o mais correto,  acaba por legitimar por completo a complexa sexualidade humana e suas diversas maneiras de manifestação. As roupas contemporâneas passam  então a refletir essas ideias, como pode ser visto na semana de Semana de Moda Masculina de Milão (verão 2016) , nos desfiles da Viviennne Westwood, Gucci, Burberry e de J.W Anderson.


Atualmente, a industria da moda ainda continua tentando destruir as barreiras de gêneros que encontram-se presentes no espirito das roupas, introduzindo peças femininas nos armários masculinos. A saia é uma delas.  

Sim, elas já são usada pelos escoceses; os Kilts. Entretanto,  neste caso existe uma conotação fortemente cultural dessa vestimenta, que por isso acaba sendo usada apenas por um determinado grupo de individuos e em determinadas situações. O que certa parcela de moda pretende é tornar as sais algo comum entre os homens, que possam ser usadas cotidianamente para ir ao trabalho, escola, cinema e igrejas;  e não apenas em festas tipicas da cultura escocesa. 

A industria visual deseja equalizar o uso da saia com o da blusa de botão e o blazer (peças que transitam livremente entre corpos femininos e masculinos). 

Quem conhece a história da calça, sabe que foi em meados das décadas de 1920 que surgiu a feminina, criada pela Coco Chanel. Digo de maneira explicita, visto que há relatos de sua existência em décadas anteriores. Sendo apenas na década de 1960 que ela conseguiu consagrar-se como uma peça de duplo gênero. Fato que possibilitou o surgimento e desenvolvimento do conceito "unisex", antecedendo a escancarada androginia dos anos 80. Portanto, esperamos que as saias masculinas não demorem 40 anos para serem aceitas entre os ocidentais . Mas, se este for o tempo necessário para que padrões de vestimentas sejam mudados ou apagados, acredito então nós pós-modernos deveremos também começar a questionar o tempo cronológico. 
















11 comentários:

  1. Achei incrível a forma que você abordou o assunto, amei mesmo. Não tenho nada contra á homens que usam saia, acho super estiloso e um homem não vai perder sua masculinidade por causa de uma peça de roupa, super apoio, aliás somos livres.
    acidamentedocee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Lua,
      você está certa, masculinidade nada tem a ver com a roupa que o homem veste :))

      Excluir
  2. Loving these different looks! Thanks for your comment on my blog ;) x
    Trend-Mae

    ResponderExcluir
  3. acho um charme, pura ousadia e fashionidade!
    Os looks que você selecionou estão fantásticos!! ADOREI.

    http://luoucuras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz por você ter gostado Luciano !!
      agora espero te ver de saias também hahahha
      abraços

      Excluir
  4. Nice Inspirations

    FOLLOW my Blog!!! Maybe we can follow each other!!!
    http://rimanerenellamemoria.blogspot.de

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabriel! Primeiramente, quero dizer que adorei o novo topo, ficou muito lindão e continuou a cara do blog (e a tua também, haha). Segundo, gostei muito do post! Ficou com cara de artigo de revista, tu escreve muito bem e adorei a misturas de referências (pós-modernismo, cultura escocesa, estereótipos de gênero). É engraçado o estranhamento da maioria quanto aos homens de saia; tendo em vista que a moda é cíclica e já houveram muitos períodos da história da moda em que homens utilizavam a peça. Eu gosto bastante, apoio totalmente uma cultura de moda livre de estereótipos e imposição de gêneros. Os outfits que tu mostrou estão lindos, acabei preferindo as saias em xadrez (o look com jaqueta de couro + saia vermelha é incrível) e também preferido as mais abertas, com cintura alta - totalmente reta não me agrada muito.
    Beijo, Bruna S. ♥
    Chanel Fake Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio Bruna <33 olha deu mó trabalho fazer essa montagem....
      Eu adorei o que falou sobre a moda ser cíclica, e super concordo. Mas em contra partida eu acho que esse ciclo está se desfazendo. Ou pelo menos é o que eu quero que aconteça hahahha
      Essa outfit também é a minha predileta, assim como o modelo que vc descreveu... inclusive fiz uma saia inspirada nele rsrsrs
      valeu pelo elogio, sério isso é muito importante para mim :))
      mil bjss

      Excluir
  6. Sad this isn't in a language I understand, 'cause I really like the astethic of your blog and the way this post looks!

    http://industrialbarbie.blogspot.com/

    ResponderExcluir