Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Tendências para o Inverno 2015 + Para se inspirar: SPFW

Sempre tive o street style como um dos pilares mais importantes da estrutura deste blog. O desejo de mostrar que a moda não se restringe às passarelas, foi o principal combustível usado nesses dois primeiros anos do Psicotendência. Nunca fui de acompanhar semanas de moda. E o pouco de minhas informações sobre esses eventos, eu conseguia através da finada MTV Brasil; de maneira nada aprofundada.
Entretanto, admito que atualmente estou fazendo uso de outros combustíveis para continuar minha viagem na  Estrada Blogosfera. Sendo um deles, justamente aquele que eu tanto reneguei quando resolvi criar um blog: Os grandes desfiles de moda.

Aos 15 anos eu detestava a palavra moda, pois quando a ouvia, ela sempre era empregada como sinônimo de modelos anoréxicas vestindo roupas estranhas. Aos 16 meu descontentamento estava em seu auge, e foi quando resolvi criar um blog. Meu plano era mostrar que o universo fashion era algo além de esquisitices e transtornos alimentares. Aos 17 entrei em uma da crise existencial que me possibilitou um novo olhar em relação a tudo. E aos 18, compreendi a grande importância que as semanas de moda e as renomadas grifes possuem na construção da identidade visual.

Ainda não aprendi os nomes das principais marcas. Muito menos decorei os das modelos mais queridinhas do momento. Ou então das personalidades mais respeitadas pelos fashionistas. Mas agora consigo compreender um pouco do cenário em que esses indivíduos estão inseridos. E consequentemente, sou capaz de pegar influências e transpassa-las para a moda de rua;a que eu tanto gosto e admiro.  

...

Essa semana aconteceu o São Paulo Fashion Week.Eu tinha um objetivo de postar 3 vídeos de desfiles,porém só achei um completo. Que por sinal é o meu predileto.

Pensei em fazer uma espécie de resenha sobre esse ele, destacando as tendências que mais me agradaram. Entretanto, depois de algumas horas cheguei a conclusão de deixar para que cada leitor fazer sua própria análise. Mudei de opinião logo quando lembrei que meu propósito não é ditar moda, e sim apresentar fontes de inspiração, capazes de transitar entre os diversos estilos que passam pelo meu blog.  

ps: ok, confesso que adorei a volta dos tons terrosos e frios. Além das diferentes texturas dos tecidos em algumas peças.